SCREENS C/ SEÇÕES

Todos os sistemas baseados em Unix mais modernos (Ex: Linux, MacOS X e BSD) possuem um utilitário para console (modo texto) chamado screen. É um utilitário poderoso para quem precisa trabalhar em modo texto, oferecendo algo que pode ser comparado a janelas em ambientes gráficos.

O que o screen faz?
Utilizando o screen é possível executar simultaneamente quaisquer aplicações em modo texto (ou baseada em curses) em somente um terminal (ou uma conexão SSH) e mantê-las ativas mesmo quando a conexão for pedida. Desta forma, em um terminal você pode ler seu e-mail, em outro editar códigos fontes, compilar seus códigos, dentre outros. Tudo isto pode ser feito em somente um terminal ou conexão ssh.

Uma outra funcionalidade interessante do screen é a possibilidade de se manter os aplicativos que necessitam de um terminal rodando em background. Isto significa que é possível manter os programas em execução mesmo que sua conexão SSH seja finalizada ou a janela fechada acidentalmente.

O primeiro passo: Criando uma sessão
Digite screen no prompt de comando para que uma nova sessão seja criada. Uma tela de “Bem Vindo” pode ser exibida, pressione enter e você terá um prompt de comando semelhante ao existente antes da execução do screen e pronto para ser usado.
Todos os programas executados no screen rodam em sua própria “janela” e cada janela é identificada por um número único. O prompt exibido ao se iniciar o screen é o da janela 0. Digite alguma coisa nesta janela para que seja possível identificá-la nos próximos passos (“janela 0” por exemplo).

Agora crie uma nova janela, esta será a janela 1. Para criá-la, pressione ctrl+a+c (segure a tela Control (CTRL) e pressione a tela “a”. Solte as duas teclas e pressione c). A nova janela será criada. Agora que você tem duas janelas, tente alternar entre elas. Para isso utilize ctrl+a+0 para ir para a janela 0, e ctrl+a+1 para ir para a janela 1.

O comando ctrl+a+” exibirá uma lista com todas as janelas existentes nesta sessão.

Para fechar uma janela finalize o programa e execução e digite “exit” no prompt de comando. Você pode forçar a finalização de programas em Linux pressionando ctrl+c.

Desacoplamento do terminal: “Detach” e “Reatach”
Detach é o processo de sair da sessão mantendo-a ativa.
Reattach é o processo de entrar em uma sessão que foi Detach anteriormente.

No passo anterior você criou uma sessão. Você pode “detach” esta sessão pressionando ctrl+a+d. Você pode também “detach” simplesmente fechando a tela do terminal ou finalizando a conexão SSH. Nenhum destes processos irá finalizar a sua sessão, eles irão mantê-la ativa em “background” permitindo que esta seja “Reatach” quando desejado. (Os programas que foram iniciados dentro de qualquer janela do screen permanecerão ativos e em execução como se esta fosse a janela ativa).

Vamos testar, faça o “detach” de sua sessão como explicado acima, desconecte, conecte novamente. Digite agora screen -r (-r significa “reattach” e serve para colocar uma sessão ativa, que foi “Detach” anteriormente, em suas “mãos” novamente). Você estará exatamente aonde parou anteriormente.

A ferramenta screen possui uma série de utilidades. Você pode iniciar seus programas favoritos no console e deixá-los em execução em uma sessão do screen. Alguns jogos como eathena podem ser executados desta forma.

Dica: Virtua Server.

About fcacomputers

Just du it
This entry was posted in LINUX. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s